quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Sempre gostei de "road movies" a imagem de estrada está associada à fuga, à liberdade e à ideia que não nos prendemos muito tempo a lugar nenhum, sabemos sempre que daí para
a frente tudo muda.
No entanto esse movimento e a velocidade faz com que as estradas feitas para conectar pessoas provoquem a quem as percorre uma desconecção com a paisagem real que não vemos se não pararmos*.
Hoje paramos para fazer xixi nas áreas de serviço, comemos uma empada, folheamos umas revistas e voltamos ao "road movie" que passa lá fora dos vidros do carro, a paisagem virtual é vista desta forma, mas ainda nos lembramos do tempo em que na estrada o xixi era a céu aberto e aí, inevitavelmente caíamos na realidade da paisagem.
Ouvir o silêncio, o reco reco das cigarras, o vento nas searas, o motor da motorizada que ultrapassamos, ou o zumbir da primeira mosca a chegar.
O tempo de um desenho em lugar nenhum de beira da estrada serve também para isso.
Parar.

*ver livro "duas Linhas" Pedro Costa/Nuno Louro, 2009

9 comentários:

n.e.s_Illustrations disse...

great blog, love your work!

Eduardo Salavisa disse...

A alternativa, como tu tens acentuado neste teu trabalho, às auto-estradas passa por aí. E estes textos e estas imagens têm que passar para o papel.

annie hall disse...

Vê, o seu colega de desenhos Eduardo Salavisa pensa como eu:-" E estes textos e estas imagens têm que passar para o papel."
Como iamos muito para a beira passar férias no verão , esta sua viagem lembra o tormentoso e bonito trajecto de Coimbra a Mangualde pela N110 , até Penacova -Rojão, seguindo pela N234 para Nelas e finalmenta a quinta em mangualde!Na N110 perto do porto da raiva , via-se a fabulosa livraria do mondego esculpida na pedra.Paragem obrigatoria:)
Já deu esta volta?
Era uma viagem de horas , com os miudos enjoados de tanta curva e numerosas paragens para os ditos xixis e ou apenas cheirar aquele ar de pinheiros e Serra .
Agora não tem piada , em 2 horas acaba a "grande viagem" como lhe chamavam os meus filhos.
Hoje o seu desenho e a legenda deu para reviver essa grande viagem e vontade de a fazer de novo.

Leonor disse...

Olá João!
Provavelmente não se lembra de mim. Frequentei o curso de desenho e pintura do ar.co no st julian's consigo e com o João Miguéis este ano, era e sou de Tomar...
Comecei a seguir o seu blog mas há muito tempo que já não o visitava.
Estive a ver a reportagem sobre a N2 e está espectacular, muito boa mesmo. Sou aficionada por viagens, gosto de ler reportagens e ver series e programas sobre o assunto. Mas não consigo descobrir a primeira parte... Ainda está para ser publicada?

João Catarino disse...

Obrigado pelos comentários são um incentivo, um dia destes vou ver se alguém está interessado em passar isto para papel.
Olá Leonor, quando aqui voltares já terás mais alguma coisa da primeira parte.
Bjs.

josé louro disse...

Mas parte disto já passou para o papel (jornal i).
Não sei é se é muito importante isso... afinal a net é um livro muito mais abrangente, não?
Bom mas se for sou dos primeiros a comprar;)

João Catarino disse...

Podes crer Louro a net é muito mais abrangente mas não é um objecto, não tem peso nem textura, não cheira ,nem se folheia, cansa a vista e perde-se.

annie hall disse...

Um livro é um Livro!
A net apenas nos dá a oportunidade de os poder comprar online:)

quiksilver cascais disse...
Este comentário foi removido pelo autor.