domingo, 27 de dezembro de 2009

Ao kilómetro 10 uma placa desbotada pelo tempo não só nos indica o limite urbano de Vidago, como agora parece ser também um sinal nostálgico do "glamour" que esta vila conheceu sobretudo na primeira metade do séc.XX. Tinha um curiosidade acrescida de visitar Vidago, sempre fui um apreciador destas àguas, mas a sensação de desolação senti-a logo assim que cheguei. Vidago desespera na espera que sejam concluídas as tão prometidas obras da sua grande catedral turística, o Palace Hotel que devia ter ficado pronto há dois anos.
Ir às termas é hoje coisa do passado, facilmente associamos essa palavra aos velhos ou aos doentes. Aquilo que foi a principal motivação turística do princípio do turismo no mundo, já não vende, o Hotel Palace de Vidago terá também ele de se reconverter num SPA.
Por vezes basta mudar o nome!

2 comentários:

Julius disse...

Parabéns por este interessante blog...Gostei imenso das imagens sobre Vidago. Obrigado!

Um abraço amigo,

Júlio Silva - blog "Meu Vidago"

annie hall disse...

Hoje gostei mais do texto que do desenho :) e descobrir que existe um blog sobre Vidago foi curioso .