quarta-feira, 20 de maio de 2009

Nas vezes que volto já de noite as janelas do comboio servem de pano de fundo negro, tal como no teatro fazem ressaltar as personagens em cena.

Um comentário:

..::M::.. disse...

Por vezes tb és observado.
Recentemente vi-te na Feira do Livro. Numa situação curiosa, observava um livro de diários gráficos e mostrava à minha namorada os desenhos de um dos meus artistas preferidos, os desenhos situavam-se +/- pela pag 156. Qd fechei o livro levantei a cabeça e a pouco mais de um metro lá estavas tu, numa amena cavaqueira com mais 3 amigos. Achei curioso e não resisti a denunciar-te à minha namorada. Agora ela já sabe quem é o "criminoso" que circula pela linha de cascais a “roubar” corpos e rostos para a sua arte.

Parabéns João e obrigado por estes fantásticos desenhos.

PS: Tb eu já fui “vítima” dos teus desenhos e recordo-me como se fosse hoje a situação engraçada que foi.