quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Este larguinho é um mimo! Fica por ali entre a Sé e o Caldas. Costumo ir para lá desenhar com os alunos, em Maio os Jacarandás projectam uma luz incrível sobre esta parede, mas desta vez a vedeta foi a vespa.

6 comentários:

hfm disse...

Há por aí magníficos recantos. Belíssimo!

André Neves disse...

sensacional, a observação do seu material me leva a perceber como preciso exercitar o desenho de veículos e cenários, realmente criativos e belíssimos, parabéns!!!

Ilda Sousa disse...

Fantástico!

Pintarriscos disse...

Uma fotografia não me colocaria da mesma forma neste sítio. Por um mecanismo que desconheço, o cérebro humano (pelo menos o meu!)percebe melhor a humanidade falível de um esboço que a objectividade científica de uma fotografia. Em arquitectura passa-se muito isto. Para quem não oestá habituado a lidar com desenhos técnicos, é mais inteligível um esboço por mais incorrecto que esteja (mesmo pretendendo representar uma planta ou um corte)do que essa mesma planta ou corte representados de forma rigorosa.

Paulo Galindro

ma grande folle de soeur disse...

Um mimo sem dúvida :)

EmmaTheias disse...

a vespa... num cantinho conhecido...