quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Pelo caminho vão se encontrando velhas relíquias, mal comecei este desenho apareceu imediatamente o dono com aquela conversa de vendedor que todos conhecemos. Começou por me parecer muito orgulhoso do seu carro, para no fim já mo querer vender!
Enquanto isso foi abrindo tudo o que havia para abrir, portas capô, tampa da mala, tal como um puto que mostra todas
as funções de um brinquedo, é claro sempre pondo-se à frente do meu desenho.

2 comentários:

samacleod disse...

Eu amo seu blog, e gosto muito esse carro. Amazing.

annie hall disse...

Por malandrice ,desenhava a matricula :)