segunda-feira, 29 de junho de 2009

Este cato foi mais um treino de comando do que uma prova de desenho.
Desenhado em pé à chapa do sol no dia mais quente de Junho. O suor escorria pelas costas e sentia o ardor do sal nos olhos, tentei não me mexer, suster a respiração para sentir o pincel firme e manter a concentração até ao fim.

2 comentários:

annie hall disse...

Muito bonito .Estes catos fazem bem lembrar o calor :)

Erica disse...

Valeu a pena o esforço!