segunda-feira, 29 de junho de 2009

É no tempo de um desenho que os animais se aproximam! Já muitos passamos por esta frustração que é desenhar animais em movimento. O segredo está em deixarmos o nosso tempo e entrar num outro fuso horário. Há uma altura que são os animais perante a nossa permanência quieta e inofensiva, que se aproximam.
Ouvi uns barulhos vindo das ervas próximas, quando olhei vi este cágado curioso, vir ao meu encontro para ver o que eu estava ali a fazer.
Deixei imediatamente o desenho anterior e o modelo passou a ser o cágado.

Um comentário:

annie hall disse...

Desenha mais rapido que eu fotografo:)
Estive enfiada no mato para fotografar uma familia de lebres . Mas as malandras mal e viram saltaram longe......
Gosto do desenho em que a tartaruga já lhe voltou as costas.