sexta-feira, 31 de julho de 2009

Como diz o "pintarriscos"de facto já não existem muitos espaços assim e este em breve também vai deixar de o ser. A barbearia fica situada provavelmente no metro quadrado mais caro de Portugal, terá sido essa eventualmente a razão da sua sobrevivência, assim como é agora a razão da sua sentença.
O prédio junto à Brasileira, parece que já foi comprado por uma empresa mobiliaria italiana, o Sr. Delgado (peço desculpa chamei-lhe Magalhães na postagem anterior) já só está à espera do dia em que chegue o senhorio para lhe pedir as chaves definitivamente.
Provavelmente para os italianos transformarem o espaço em mais um do que quer que venha a ser, certamente ultra "clinic design"!

3 comentários:

hfm disse...

Um espaço aprazível e a mancha certa que o olhar completa. Gostei muito.

Sílvia Silva disse...

Tenho estado a explorar este blog, o que me satisfaz é a presença do desenho. . talvez um dia faça o mesmo com os meus.

josé louro disse...

Soberba a série.
Grande João.