domingo, 19 de abril de 2009

Curiosamente não é na ida com a luz da manhã que as pessoas olham mais para a janela, é na volta no escuro da noite que olham para si mesmas ou para outros sem serem vistas.

4 comentários:

josé louro disse...

BEM OBSERVADO!

ritaR disse...

pois é, pois é. é como estar do outro lado do espelho. (como a alice). mas, por vezes, o nosso -meu- olhar cruza-se com o de outro alguém que também julga conhecer o segredo e, ups, busted!

João Catarino disse...

Pois é Rita pensamos sempre que só nós é que sabemos!

Yara Kono disse...

Que táctica! x