terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Se não tivesse voltado ali nessa altura, talvez não tivesse voltado mais!
Desde agosto que guardava a ideia da desilusão com que ficara deste lugar, auto caravanas com tamanhos inacreditáveis, autênticos condomínios fechados com a agravante de serem móveis, jeeps estacionados em cima da vegetação, carros atascados para pouparem uns metros de caminhada, música tecno a sair pelas forras das portas etc,etc,etc.
Voltei lá numa noite de outubro, ninguém! Estaciono, desligo os farois fica totalmente escuro, saio e faço xixi a olhar para as estrelas, a noite já é fria e húmida, ouvem-se os sapos e o barulho da ribeira, não há pinga de vento deito-me ansioso por uma manhã de ondas e mar "glass". De manhã afasto a cortina para "checkar" mas não vejo o mar, alguém chegou durante a noite e tapou-me a vista!
Desta vez uma bela vista! Tão linda quanto a paisagem que ficava do lado de lá deste modelo verde pistácio tão típico dos últimos que saíram da fábrica alemã de "pães de forma" dos finais da década de 70.
Houve tempos que as auto caravanas eram todas assim!

14 comentários:

André Falcão (texto) disse...

Momentos de pura vida...Sigo o seu blog há já algum tempo.Por vezes cruzo-me consigo por Ribeira ou por S.Pedro, ora no classico Azul, ora no funcional Amarelo...Apesar de nunca ter falado consigo, procuro sempre aproveitar a energia positiva que a sua presença transmite. Admiro a forma como os seus comentários trasmitem complexidade de apreciar as coisas simples como uma noite amena e estrelada a olhar para céu, e a forma genuina como os seus desenhos transmitem momentos de Liberdade e Vida...Adorava ter esse talento, mas as mãos não me seguem os olhos...Parabens pelo seu blog, transmite um espirito que por vezes parece ter desaparecido do surf, o espirito de Liberdade!

ma grande folle de soeur disse...

Realmente esses "pãos de forma" são qualquer coisa! ;))

João Catarino disse...

Obrigado André pelo teu comentário,quando passares
por mim apita e trata-me por tu!
Abraço

ma grande folle de soeur disse...

pães!!! (Ruborizo!)

Baleia disse...

Amei! tanto o desenho como o fabuloso texto que o acompanha!!...

bjnhs

Baleia disse...

Proposta:
troco um "gato-meia" por um desenho dos teus!
que tal?


bjnhs

josé louro disse...

Desenho fantástico (inveja)...
A mancha das folhas no verso funciona às mil maravilhas.
Genial!

cláudia mestre disse...

escrevi um comentário numa das aguarelas da ponta ruiva no surfgraphics. só depois reparei que era um post de outubro e que talvez não lesses esse comentário. espreita...

zamotanaiv disse...

é estete o sítio da minha irmâ:

http://secretlifeofplants.blogspot.com/

abraço

Pintarriscos disse...

O seu blog é uma inspiração para mim.A forma como manipula os claros / escuros e os cheios / vazios dota os seus desenhos de um carácter de materialidade e de um sentir "que se está lá" inimitáveis.
Há mais filosofia genuina nos seu registos gráficos do que em muitos tratados. Os meus mais sinceros parabéns!

Paulo galindro

Yara Kono disse...

És um paz de espírito. x

supermum75 disse...

Como dizias ontem, visitar o teu blog, os teus desenhos é um voltar ao calor, ao verão, aos paraisos do nosso pais. beijinhos. Maria (Rubio)

MariaCareto disse...

adorei este blog, em parte pq tb desenho em parte porq adoro! cadernos de viagem

parabéns plo teu trabalho

André Falcão (texto) disse...

Devo confessar que fiquei feliz com a sua...ai, tua resposta!
Fica combinado que apitarei se me cruzar contigo para dizer Olá e se o temporal já tiver passado, talvez, quem sabe, tirar o pó às longboards, pelo menos à minha!Um abraço e obrigado pela simpatia!