terça-feira, 5 de julho de 2011

Há viagens que parecem não ter fim como este caderno que não havia meio de ver a luz da ultima página.
Um dia encontrei a minha ex aluna Rosa Baptista com esta encadernação panorâmica da Emílio Braga, invulgarmente reforçada nos cantos com tecido de cor castanha, manifestei tamanha curiosidade que a Rosa insistiu que ficasse com ele. Há muito que deixara de ser minha aluna, não se tratava portanto de uma operação de graxa mas sim de um gesto muito bonito!
Fica aqui a deixa para as e os ex alunos que daqui em diante me queiram surpreender com encadernações de preferência com menos páginas, para que as viagens da primeira à ultima página não se tornem demasiado longas.

4 comentários:

hfm disse...

Belo caderno!

Parabéns pelo projecto e pelo artigo do Expresso. Favor tratar bem a nossa prainha e pode ser qualquer uma dos Coxos a Limipicos.

AG disse...

João Catarino, estarei atenta para ver a tua longboard passear-se pela costa vicentina.

Espero acompanhar-te numa onda (: e trocar uns dedos-de-desenho !

~

Galeota disse...

Vi no Expresso desenhos muito bonitos de algumas praias da costa Oeste. Espero que a Figueira também faça parte do rol. Aguardo o lançamento do livro.

Lord Mantraste disse...

ahahah qualquer dia ofereço lhe um dos meus também, a qualidade é inferior mas o uso é igual.
Abraço
Bruno