sábado, 13 de fevereiro de 2010

Naquele larguinho que é um mimo já postado aí a trás, quando os jacarandás estão em flor a luz violeta é tão intensa que desbota toda a parede.

5 comentários:

hfm disse...

Lindo!

annie hall disse...

Muito bonito!

zamotanaiv disse...

E agora no muro a traz foi pintado um bonito poema de Miguel Torga.

Raquel Henriques disse...

que delícia...

vanblog disse...

Lindo e poético. Adorei seu blog, parabéns!