segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Oficialmente as férias de verão começaram assim, montado em selins de couro com molas de ferro, travões de alavanca, quadros pesados e ferrojentos, correntes por olear, cerca de 100 pasteleiras cada uma com cerca de 100 anos deram ar às rodas e saíram dos palheiros para a estrada num passeio de 30 quilómetros pelo pinhal de São Pedro de Moel.

6 comentários:

Ju Padilha disse...

Olá!!!
gostei muitíssimode seus desenhos... apesar de retratar a vida urbano, o cotidiano e estarem feitos em uma palheta restrita de cores de predomínio do preto, carregam em si uma grande leveza!
parabéns!

I=M disse...

Professorzinho, dois anos atrás encontrei em Itália/Bologna uma pasteleira bestial perdida e sem dono. Claro que como bom tuga durante 3-4 dias ficou minha...
Isto tudo como desculpa para dizer que: novo ano lectivo = a velha pergunta e promessa: posso ir a umas aulas de desenho? heheh...
- Bráulio

João Catarino disse...

Claro que o professorzinho deixa o Bráulio ir porque sabe que não passa de boas intenções!

Don McNulty disse...

I got here via urban sketchers. Ypur art is exactly what I like, wonderful drawings!

Motumbo disse...

João, o desenho da bicicle é maravilhoso. Muito, muito bonito.

Yara Kono disse...

Se o Bráulio pode, eu também posso? rs Bjos